domingo, 29 de maio de 2011

Impressões do Curso Diplomata Brasil

Olá queridos!

Recebi um email de um querido chamado Daniel Nedeff, que foi visitar a estrutura do Curso Diplomata Brasil em SP capital e fez o grande favor de me contar como foi. Segue o email dele na íntegra.


"Olá pessoas,

Fui conhecer o curso ontem de manhã e fiquei com uma ótima impressão. Fui recebido pela coordenadora do curso, que deixou seu contato para quem quiser tirar dúvidas sobre o curso: Juliana Milki - (11)85679431.

Eu tirei algumas dúvidas e repasso a vocês:

1) Empresa: O curso Diplomata Brasil é ligado à CCBW, uma empresa que tem experiência em cursos na área médica (presencial e on-line). O curso é novo (primeiro ano), mas os professores são experientes e a própria Juliana tem experiência na coordenação de cursos para a área jurídica.

2)Estrutura: A estrutura da empresa é na Av. Paulista e conta com estúdios e auditórios bem modernos, com todos os recursos necessários. A coordenadora me falou que todos os professores têm experiência com os recursos tecnológicos para aulas on-line. Eu assisti as correções da prova e achei a qualidade de vídeo e som bem boas.

3) Preço do curso: Questionei sobre a diferença de preço entre esse curso e outros encontrados no mercado. A Juliana me falou que já esperava alguma desconfiança por parte dos alunos porque a diferença é realmente grande. A explicação dela é de que, como eles já possuem toda a estrutura física, o valor do curso não precisa ser tão elevado. Além disso, ela falou algo que todos nós já sabemos na prática: os cursos disponíveis no mercado cobram tão caro porque existe uma grande demanda e muito pouca concorrência! Me convenceu...

4)Curso online: as aulas do curso online serão disponibilizadas uma semana após a aula presencial, que começa 10 de junho, e é axatamente a mesma aula. Os alunos da opção online poderão assistir 3 vezes cada aula, quando quiserem, até 31 de dezembro. Segundo a coordenadora, se houver um problema na internet, por exemplo, o aluno pode solicitar um novo acesso à aula."

quinta-feira, 19 de maio de 2011

Aprendizados por conta própria!

Pessoas! Como estão?

Como tenho bastante coisa para contar, vamos por itens!

1.Mais um livro que recomendo para ter como livro de cabeceira de vocês: 
Manual de um Concurseiro - Alex Viégas

Não terminei de ler ainda, mas do que eu já li, é "O" LIVRO! O prefácio é escrito por ninguém menos que o Willian Douglas! Perfeito para nós que estamos meio perdidos visto a quantidade de coisas que temos que estudar. O espertinho só passou para Auditor Fiscal da RFB de primeira e conta como foi a sua preparação! Vale cada centavo!

2. Impressões das minhas aulas de redação!
Doralice é 10!! Tenho aprendido muito! Se você ainda está meio perdido em fazer cursos ou escolher um professor eu indico ela. A Dorinha também atende via online. Mais informações no blog dela http://namiradoleitor.blogspot.com

3. Livros de inglês que ninguém te fala que existem!
Acha que o inglês parece sem sentido na hora de escrever? Culpe a sua escola de inglês! Sim... Bando de professores e escolas folgados! Ensino de inglês neste país é uma vergonha!!! Já estou há um tempinho brincando no site da Amazon e queridos... Inglês só é difícil para quem quer! Tem muita coisa boa! Se esbaldem lá: www.amazon.com. Alguns livros até tem a opção de ver como são por dentro! Tem ótimas gramáticas, dicionários de phrasal verbs, de colocações, de erros comuns, livros para exames de proficiência... Tudo e mais um pouco! DETALHE: MUITO MAIS BARATO POIS LIVROS NÃO PAGAM IMPOSTO!!! CHEGA DE PAGAR 150 REAIS POR UM LIVRO DE INGLÊS QUE SAI 25 DÓLARES!!

4. Para ler em inglês, francês e espanhol.

Jornal The Guardian Weekly, Revistas Bien-Dire e Punto y Coma. A subscrição é paga em libras no The Guardian Weekly (£115/ano) e em euros (Bien-Dire €99/ano (6 revistas com CD) ou 46 (6 revistas sem CD) e Punto y Coma €57/ano(5 revistas ano)). Extremamente recomendadas, principalmente para quem nem vê um computador durante a semana, sem ser para consultar emails.

É isso!

terça-feira, 10 de maio de 2011

segunda-feira, 9 de maio de 2011

Relato do Curso Online do Atlas!

Meu pedido foi atendido! Segue o email na íntegra.

"Olá Andrea,

Eu vou te relatar como foi a aula do Atlas. Na minha opinião foi um fracasso total. Eu não paguei ainda e já cancelei.

A primeira aula foi de geografia e começou pontual ás 14h. O professor "pincelou" vários assuntos: positismo, determinismo, possiblismo, geopolítica, Globalização, Guerra fria, colonialismo, ciclos econômicos, ciclos capitalistas, etc...

O áudio tinha um "chiado" horrível no fundo...mas dava para entender bem o professor. Bom, quando o professor foi trocar de arquivo (slides) o sistema saia fora do ar e demorava para voltar. O arquivos do professor tinham muitos slides e eu acho que ficou muito pesado e "deu no que deu"...Tinha um pessoal reclamando que não ouvia nada.

Quando o professor viu que tinha que acabar a aula ás 15:30 e já eram 15:45 ele correu com a matéria e abriu para as perguntas dos colegas. Que por fim, ele não conseguiu responder todas e o sistema foi desconectado enquanto o professor falava.

Aí entrou o profesor de PI ás 16h e que não tinha seu vídeo e não tinha arquivo de slides para explicar a matéria..um horror...não entendemos nada do que ele falava..o áudio estava com um "ronco' no fundo e tinha barulhos de porta e campainha também...foi péssimo. A galera toda estava reclamando no chat, aí eles cortaram nosso papo. Parecia que tinham feito "uma enjambração" que não sido preparada a aula de PI. Era uma transmissão horrível lá do Atlas de SP. Lá pelas 16:30H o sistema saiu do ar e fomos desconectados do DimDim. Bom eu estava furiosa e fui chamar meu marido para me ajudar. Eles ficaram se desculpando e tal...mas e o nosso dinheiro????

O professor começou a postar alguns tópicos no chat ao invés de usar o whiteboard...o pessoal começou a reclamar denovo...muito amador aquilo!!!Ele tava copinado e colando.

O meu marido disse que dava na mesma coisa ouvir depois o áudio..porque não tinha vídeo nem slide. Muitos pediram que cancelasse a aula de PI para outro dia para vermos o vídeo do professor e os slides...Eles não aceitaram!!! A aula retornou ás 17H e ele perdia um tempão escrevendo e lendo... Absurdo..eu não entendia nada...Tinha um pessoal que estava saindo do sistema e não voltando mais.

Bom..eu fiquei bem irritada e braba peguei e chutei o balde também...Desliguei o computador ás 17:35H mais ou menos e dessisti...Vou fazer o presencial mesmo. Sinto muito pelos colegas que já pagaram e que não tem aulas presenciais nas suas cidades. Uma lástima!!!!"

 
Lembram o que eu tinha falado nas minhas razões de não fazer o Atlas Online? Não era só impressão minha! Vão ter que melhorar muito o negócio...

domingo, 8 de maio de 2011

Perguntinha Básica II

Se alguém está fazendo o Atlas Online, como é que está o curso? Começou mesmo ou foi adiado?

Me escrevam para colocar os relatos aqui!

sábado, 7 de maio de 2011

Relato da minha primeira semana de estudos por conta própria!

Olá pessoas!

Como prometido vou contar a vocês como foi essa semana!

Em duas palavras: MUITO PROVEITOSA!

Vejam como são as coisas (ou como a minha vergonha na cara começou): na quinta-feira passada eu estava na aula de inglês e meu professor abriu seu coração (Teacher Gus, te amo querido! Você é fera!) e começou a dizer como é que ele tinha se tornado professor de inglês.

Tudo começou quando ele ganhou uma bolsa de estudos da Cultura Inglesa aos 13 anos com a seguinte condição: ele tinha que ser o melhor aluno da classe! E assim ele levou o curso de inglês todo com essa determinação, até chegar nos níveis de proficiência! No ensino médio, ele fez o curso técnico de elétrica e logo fez a engenharia elétrica. No meio da faculdade, ele resolveu sem nenhum compromisso, prestar vestibular para Letras na Federal e passou, tocando as duas faculdades ao mesmo tempo! Quando ele começou a trabalhar como engenheiro elétrico percebeu que, por mais que a profissão tivesse um ganho muito bom, não o satisfazia, pois o contato interpessoal era mínimo. Se formando em Letras, largou o emprego de engenheiro elétrico e foi para a Inglaterra. Depois de uns meses voltou e começou a sua carreira de professor, passando por várias escolas de inglês aqui em Curitiba até voltar à Cultura.

Então eu pensei... Ele ralou um bocado para ir atrás do que gostava e eu (como muita gente também) aqui, meio que esperando que um curso acelere e faça a extraordinária mágica de me aprovar no Rio Branco. Nós ficamos admirados quando vemos uma pessoa conseguir algo melhor para si mesmo quando todas as circunstâncias estão contra ela, mas muitas vezes não levamos para nossas vidas a lição da superação porque a pessoa em questão é distante de nós... Mas a coisa muda quando é com alguém perto da gente! E foi aí que caiu definitivamente a minha ficha!

Na Sexta-feira, abro o meu email com a notícia de que o curso do IDC tinha sido realmente cancelado e por óbvio já fiquei possessa! E pensando o que iria fazer...Na mesma noite, abri um blog ALTAMENTE INDICADO chamado ESTUDOS DIPLOMÁTICOS, e vasculhando, vi alguns vídeos do William Douglas sobre essa coisa de como estudar para concursos, questão de tempo de estudos... Mais uma inspiração.

E pensei comigo durante aquela sexta-feira: quer saber de uma coisa... Que se f*da, vou estudar por conta própria! Chega de depender da boa vontade alheia! Passei o fim de semana montando uma nova grade horária e esperando ansiosamente a segunda-feira para botar a minha empreitada de estudos em prática.

E assim, vendo essa semana que passou, lhes digo! Sim, é possível estudar sozinho! É claro que a autodisciplina tem que ser quase que espartana. Um verdadeiro sacerdócio. Mas dá! Tudo que você tem que ter mente é essa palavrinha aqui:

PRIORIDADE

É! Digo isso porque facilmente conesguimos arranjar desculpas para não fazer o que temos que fazer como "tenho que ir ao banco","tenho que ir ao supermercado"... Tudo para enganar nós mesmos!

E vem a questão... E o tempo?

Cheguei a conclusão de que não devemos subestimá-lo. Tem 15 minutos todo dia? Ainda é tempo! Nem que seja para ler algumas páginas (e quem sabe matar aquela questão bate-pronto que pode aparecer na prova!)

Acho que a questão primordial seja o pensamento de que tempo existe. O que muitas vezes não existe é planejamento do tempo.

Aí, vem alguém e me diz: Ah! Mas você fala isso por não tem que se bancar por conta, mora com os pais e tal...

Ok isso ajuda, mas se eu não estiver realmente determinada não me serve de nada. O concurso é dificil para todos. Ele não vê a sua idade, o seu estado civil, suas necessidades pessoais nem sua condição. A prova estará lá... E é você que escolhe em se submeter a ela ou não.

Dito isso, como é que eu estou fazendo para estudar?

De segunda a sábado, me interno numa biblioteca (para mim decididamente estudar em casa não funciona) e reservo o horário que já estava previsto no quadro de estudos (façam esse quadro! É muito importante!). Como temos oito matérias que compõem o TPS, pego duas matérias por vez (de segunda a quinta fecho todas). Na sexta e no sábado eu escolho o que estudar (4 das 8 matérias). Comecei a estudar pelos manuais do candidato, que é a nossa primeira ferramenta, já são voltados para a nossa preparação e por lógica, pelo menos para uma primeira fase, eles vão se basear em grande parte no manual do candidato, pois não há mais bibliografia indicada por eles e os manuais são o que mais se aproximam do conteúdo do edital.

Eu leio em torno de 10 páginas (que dependendo do manual, pega 2 ou mais pontos) e faço um esquema detalhado e lendo novamente, porque são nos detalhes que a prova pega! Demoro? Sim, é trabalho de formiguinha e tem que quebrar a cabeça, ler com muita atenção, pois os textos não são tão didáticos para quem não é da área, mas é bom pra gente quebrar a cabeça, porque senão não aprende! Eu fico aproximadamente 1h30 minutos fazendo um resumo do que eu li, mas assim que eu termino e leio ao final, eu tenho a certeza de que compreendi a matéria. Não adianta absolutamente nada se gabar de ler 100 páginas num dia e depois ter aquela impressão incômoda... Putz... Não me lembro de (quase) nada! Lembrem-se que todo esse conhecimento tem que estar fresco até ano que vem, até a prova! Assim sempre tem que revisar e ler algo complementar para agregar. Em outras palavras: toda essa gama de conhecimentos adquiridos tem que ser perene!

De acordo com meus cálculos, estarei terminando de ler e resumir todas as apostilas (com exceção das de português e demais línguas, pois exigem um método diferente de estudos que eu ainda estou vendo como é que eu vou fazer para estudar!) em agosto/setembro. Daí é partir para exercícios, revisões e leitura complementar até o dia da prova. E dou meu conselho precioso: se possível, volte para a biblioteca da sua faculdade (principalmente se ela tiver cursos das humanas) ou se cadastre numa boa biblioteca e vá descobrir livros das matérias do edital. Tem muita coisa boa!

Tem um artigo que eu acho altamente indicável que vocês leiam. Ele se chama "A SÍNDROME DE DEPENDÊNCIA DO PROFESSOR". E se encaixa bem no nosso caso. Os cursinhos para a carreira diplomática exploram o fato de que o nosso edital abrange uma gama enorme de conteúdos e incutem na cabeça do pessoal de que é impossível estudar tudo! O autor desse artigo (Renato Amaral) nada mais fez que passar no vestibular da FUVEST 4 vezes em 4 cursos concorridíssimos (Direito, Medicna, Administração e Biologia (quando era treineiro)), provando que SIM, É POSSÍVEL ESTUDAR SOZINHO! E baseado nessa experiência, ele escreveu um livro chamado "Vestibular sem medo", pela editora FTD. Eu até cheguei a ler esse livro há muito tempo atrás, antes até de prestar vestibular e indico para vocês!

E se ele pôde num vestibular em que quase 150.000 pessoas se inscrevem... Nós podemos também!

Bom fim de semana para vocês!

quarta-feira, 4 de maio de 2011

2 de Maio de 2011

O DIA EM QUE DESISTI DE CONTAR COM A BOA VONTADE ALHEIA (LEIA-SE: CURSOS)  E RESOLVI COMEÇAR ESTUDAR POR CONTA PRÓPRIA!

Agora sim a minha saga COMEÇA! Darei mais detalhes para vocês ainda nessa semana.

Loucura, loucura, loucura!

terça-feira, 3 de maio de 2011

Lista dos aprovados na primeira fase CACD 2011!

Veja se o seu nome está na lista (e diga se por acaso você passou também!).

O meu não está já vou avisando... snif...

LINK